segunda-feira, 2 de julho de 2018

A Felicidade É Um Chá Contigo de Mamen Sánchez

Comprar Aqui

A Felicidade É Um Chá Contigo de Mamen Sánchez é um romance muito divertido, com um enredo extremamente peculiar e simultaneamente adorável. Uma fantástica surpresa!

Apesar de ter sido publicado pela Marcador em 2016, foi a minha leitura desta última semana, e ganhou as cinco estrelas, por diversas razões: a narrativa enternecedora e as personagens divertidas e atrevidas, bem como, a escrita da autora escorreita, com pitadas de sátira e de humor.

Neste romance, acompanhamos o mundo editorial da Librarte, uma revista literária propriedade da editora Craftsman & Co, à beira da ruína, devido ao prejuízo que tem dado à mesma.

Atticus, filho de Marlow Craftsman é encarregue de despedir as cinco mulheres que trabalham no escritório desta revista sediada em terras de Espanha, mas o que parecia uma tarefa extremamente fácil, revela-se uma verdadeira trapalhada e toma contornos muito distintos do expetável.

Após o desaparecimento do filho, Marlow acredita que as bruxas da revista, estão envolvidas ao mesmo, e o inspetor Manchego fica encarregue de descobrir o paradeiro de Atticus e desvendar a verdade. Será que o galã foi sequestrado? Estará morto? Como é que alguém desaparece sem deixar rastro?

É óbvio que desde o inicio estamos certos de que, de facto, as mulheres da revista, Berta, Assunción, Gaby, Soleá e Maria estão relacionadas com este estranho desaparecimento, mas a verdade por detrás do mesmo, é tão divertida que acabamos por rejubilar com a destreza destas mulheres, na tentativa de salvarem a Librarte, e consequentemente, os seus postos de trabalho.

Os capítulos são alternados, entre a história do inspetor Manchego e a investigação do mesmo, e entre as histórias de cada uma das cinco mulheres da revista, assim como, de Moira e Marlow, os pais de Atticus, e finalmente, o próprio Atticus. Como são capítulos pequenos, fazem com que a leitura seja bastante fluída.

Embora seja literatura feminina, foge à regra e aos clichés, pelas reviravoltas hilariantes e pela particularidade das personagens tão bem construídas e repletas de sensualidade e misticismo.

Parabéns à Marcador pela aposta, se ainda não conhecem este livro, recomendo-vos procurarem-no nas livrarias, não se irão desiludir. Revelou-se uma verdadeira lufada de ar fresco, e para mim, sobretudo, apaixonada pelas terras de nuestros hermanos foi uma leitura muito gratificante.

Letícia Brito

Sem comentários:

Enviar um comentário