sexta-feira, 22 de abril de 2016

Débora Macedo Afonso, a autora transmontana que já prepara a continuação de Fomos Instantes

Débora Macedo Afonso
Débora Macedo Afonso é uma jovem escritora portuguesa, nascida em Bragança a 10 de Maio de 1993. Estuda Línguas para Relações Internacionais na sua cidade natal.
Assume-se uma jovem sonhadora e divertida, que gosta de escrever: criar histórias e levar a imaginação o mais longe possível. Nutre ainda outros gostos especiais, nomeadamente, pela fotografia, por viagens e pela cozinha, gosta sobretudo da confeção de Cupcakes.
Publicou a sua primeira obra em Junho de 2015, Fomos Instantes com a Chiado Editora. Em Agosto de 2015, criou um blogue, The Magic Of Words, um espaço onde publica reflexões, artigos referentes a viagens que já realizou, algumas resenhas e conversas com outros autores, na sua maioria iniciantes nesta área. Pertence ainda à organização do 1º Festival dos Livros em Carção, que tem como missão promover os Autores Transmontanos e trazer à aldeia atividades relacionadas com a literatura.

O seu gosto pela escrita, surgiu recentemente, quando o tempo livre tornou-se alongado. Decidiu dedicar-se a inventar histórias. Encara a escrita como um mecanismo de terapia. Muito do que escreve é imaginado, porém, acredita que para se construir algo com amor é essencial colocarmos parte de nós.

Os temas que aborda, estao essencialmente, relacionados com os sentimentos humanos: amor, amizade, deceções, alegria, tristeza (…).

Quando questionada sobre os livros que recomendaria, destaca as obras da sua irmã: Enquanto o tempo quiser e Ver-me nos teus olhos. Pois a esta, deve em parte a sua paixão pelas letras.

Fomos Instantes, 2015
A sua primeira obra, publicada pela Chiado Editora, no ano transato: Fomos Instantes. É uma história que aborda o amor, a amizade e todas as peripécias que acontecem na juventude… Vitória e Guilherme são os personagens principais, e são eles que ao longo das páginas mostram aquilo que há de melhor em Bragança e arredores, contando o dia-a-dia de uma vida académica. Vitória era aluna no Instituto Politécnico de Bragança e frequentava o seu último ano de licenciatura quando descobriu a magia do primeiro amor. Ela era responsável e determinada mas viu a sua vida virada do avesso ao apaixonar-se perdidamente por Guilherme, um jovem de pensamentos incertos e atitudes inconstantes.

Está a preparar a continuação do seu primeiro livro e o tema deste irá ao encontro daqueles abordados, anteriormente.


Enquanto escritora, deseja chegar o mais longe possível, aprender coisas novas e procurar evoluir. Melhorar todos os dias e continuar a caminhar no percurso que a faz feliz.  

Sem comentários:

Enviar um comentário