sexta-feira, 8 de abril de 2016

Ana de Carvalho, a autora do romance O destino assim o quis

Ana de Carvalho
Ana de Carvalho é uma jovem escritora portuguesa, natural de Ribeira da Pena. Formada na área da Contabilidade e Gestão. Tem um gosto especial pela música, poesia, pintura, pela leitura e pela convivência com os amigos. É autora de duas obras, o romance O destino assim o quis e a obra infantil Sete dias, Sete contos.

Mulher decidida, um dia disse a si mesma “vou escrever um livro” e assim aconteceu. De forma natural.

Ficciona o que escreve, mas revê-se na personagem do seu primeiro romance, a Inês, na rebeldia da mesma. No segundo livro, o infantil, são tudo histórias inventadas, às quais deu um toque pessoal, sendo estas elaboradas de acordo com o que a própria autora faria com os animais.


O Facebook tem sido fundamental para a divulgação do seu trabalho. A autora gosta sobretudo, do contato com o público e brevemente iniciará um ciclo de presenças em feiras do livro e jornadas de juventude.

As criticas, para a autora, são fundamentais, encara-as com naturalidade. “Claro que ninguém gosta de críticas negativas, mas a maturidade ensinou-me que por vezes são mais proveitosas as negativas que as positivas, pois dão mais motivação para fazer mais e melhor.”


Ana de Carvalho tem duas obras publicadas, o romance O destino assim o quis, é uma história de amor, linda e intensa. Dois jovens tão diferentes, de meios tão distintos que se apaixonam loucamente, mas uma mentira vai separar o jovem casal. Vários anos depois o destino vai unir novamente os seus caminhos. Resta saber se o amor deles ainda estaria vivo. O segundo livro Sete dias Sete contos, é um livro infantil composto por sete histórias sobre animais. É um livro com ilustrações e em que cada história tem uma moral. Este livro foi feito a pensar nas crianças e para tentar incutir nelas a vontade de ler. O principal objetivo é motivar as pessoas a lerem, seja qual for a sua idade.

Está a preparar a próxima obra, numa vertente mais solidária. Desta vez é uma história real, de uma criança que sofre de uma doença rara. Relata o percurso da criança desde o seu nascimento até aos seus sete anos de idade.

Enquanto escritora, procura fazer mais e melhor, escrever sobre o que gosta, e não aquilo que lhe é imposto. “Escrever é ser livre. Eu quero ser livre e escrever.”

Os meus olhos dizem que… sou genuína, uma lutadora em busca dos meus ideais.

Sem comentários:

Enviar um comentário