terça-feira, 26 de junho de 2018

O coração de Simon contra o mundo de Becky Albertalli

O coração de Simon contra o mundo de Becky Albertalli é um romance Young-Adult que se destaca entre as novidades de Junho da Porto Editora.

Com uma temática bastante promissora, e inclusive, já adaptado para o cinema pela Twentieth Century Fox, neste romance, acompanhamos a história de Simon Spier.

Com apenas dezasseis anos, Simon, que apesar de ser um jovem extremamente divertido, é pacato, na mesma medida, e os grandes momentos que vivenciou na sua vida, em que teve a oportunidade de se sentir ele próprio, foram protagonizados na presença do seu computador, assumindo a identidade de Jacques.

Simon é gay, e embora este não seja propriamente um segredo, não foi ainda assumido por ele perante a família e os amigos, e é quando se esquece de terminar a sessão num computador da escola, que a sua vida sofre uma reviravolta.

Simon mantém contato com Blue, um jovem homossexual que estuda na mesma escola, no entanto, ambos se desconhecem. Ao ser chantageado por Martin sobre a sua sexualidade, Simon corre o risco de que todos descubram a verdade e a sua relação com Blue seja prejudicada.

Através de uma narrativa muito bem estruturada, que intercala os capítulos com as mensagens trocadas por email entre Simon e Blue, este livro tem um toque de genuína pureza.

Os capítulos, por serem curtos, tornam a leitura bastante fluída, o que faz com que o livro se leia de uma rajada. Eu li! 😊

A escrita de Becky Abertalli é bastante simples e direta, com uma linguagem muito própria da idade do protagonista. Sem floreados. Sem filtros. Evidencia a beleza da adolescência, dos primeiros amores, da descoberta de nós próprios.

É fácil simpatizarmos com o Simon e com os seus amigos. Gostei, particularmente, da sua família. Da união deles. Da forma como lidam com os assuntos tabu e os tornam temas como outros quaisquer, sem que sintamos preconceito ou vergonha. Os pais de Simon são um verdadeiro modelo do que se espera dos pais da atualidade. Que aceitem as diferenças dos seus filhos. Que os amem por serem como são.

O Simon, por sua vez, é um rapaz genuíno, engraçado, bastante curioso sobre o mundo que o rodeia. Adorável!

Este é um daqueles livros que nos marca. Que nos transporta para um universo acolhedor. Com personagens irreverentes e especiais.

Um livro que nos mostra também o lado menos bom da sociedade, pois retrata um jovem de 16 anos, que se esconde por medo do julgamento alheio. E é aqui, precisamente, que a literatura tem um papel fundamental: abrir-nos os olhos, comover-nos, alertar-nos para as realidades menos agradáveis, tornar-nos mais tolerantes e compreensivos.

Apesar de ser um romance YA, todos deveriam lê-lo, sem exceção! Todos deveriam conhecer o Simon. Convivi de perto com alguns «Simon» e este livro despertou-me para situações que nunca fui capaz de ver, mesmo estando em contato direto com os «Simon» da vida real.

BELO E INSPIRADOR!

 Assim o defino!

Letícia Brito

Sem comentários:

Enviar um comentário

2018 ® Letícia Brito. Com tecnologia do Blogger.