domingo, 11 de dezembro de 2016

Nos Braços do Vagabundo na A Tarde É Sua


"Eu guardei a dor no bolso para poder falar abertamente, afinal, todos buscamos o mesmo: um sonho numa terra de liberdade. Eu não sei qual o preço do teu telhado, mas no final do mês, todos pagamos pelo nosso e se as dividas crescem vemos-nos loucos para as liquidar. Tu olhas para mim e vês o que eu vejo, porque olhas-te no espelho.", escrevia eu há um ano, e ainda faz tanto sentido. Expor-me nunca foi algo que me deixasse à vontade, mas disseram-me "vai e faz", acrescentei "por mim e pelos que calaram a voz com medo", todos precisamos exorcizar alguns monstros, e a melhor maneira, por vezes, é abrir a porta do armário e enfrentá-los! Aceitei o desafio, pelo meu livro! Estive reticente até aos 10 segundos que restavam antes de entrar em direto, o momento passou, e continuo reticente, mas fiz. Fiz porque sempre me ensinaram que nasci numa família que não está habilitada para desistir. Gosto de participar num bom desafio, mas gosto sobretudo de desafiar-me a mim mesma!
À parte de tudo isto, tive oportunidade de conhecer a Cristina Ferreira - e tirar uma selfie - com esta mulher que tanto admiro, bem como o Goucha, a Teresa Guilherme e a Mónica Jardim. Todos de uma enorme simpatia, a Fátima Lopes, deixou-me super à vontade.
Quem perdeu pode ver na TVI Player: 

Sem comentários:

Enviar um comentário

2018 ® Letícia Brito. Com tecnologia do Blogger.